Formas de pagamento:

 

Parcelamento sem juros nos cartões de crédito.

 

Boleto bancário.

 

Periodicidade: Mensal

 

Planos

Assinatura 2 anos (24 edições)
R$ 600,00
Assinatura 1 ano (12 edições)
R$ 373,00
Detalhes do Produto

Atenção necessária

Intensamente impactados pela pandemia do novo coronavírus, iniciada em março de 2020, estamos finalmente colocando a cabeça para fora d’água, nos distanciando da crise sanitária que abalou o mundo com o consequente arrefecimento das medidas de controle em boa parte dos ambientes de trabalho.
Porém, a maioria está diante de um cenário que, dependendo do setor de atividade, levará mais ou menos tempo para retomar o seu ritmo normal.
Além de muito trabalho, e em boa parte dos estabelecimentos com uma estrutura bem mais enxuta do que se tinha antes da pandemia, é preciso prestar atenção às novas exigências legais de saúde e segurança que, com ou sem crise, entraram em vigor. É o caso de normas regulamentadoras recentemente atualizadas e do próprio eSocial que amenizou, no sentido de segurar as multas até o próximo ano, mas que manteve a obrigação do envio das informações de SST.
Mudanças nos processos de trabalho, cada vez mais digitais e menos físicos, introdução de novas tecnologias e do teletrabalho, que chegou mais rápido do que se esperava, são desafios vividos pelos profissionais de SESMTs e de consultorias.
Informação, atualização e muito fôlego é o que precisamos para dar à saúde e à segurança dos trabalhadores a atenção necessária.


REPORTAGEM DE CAPA / AVALIAÇÕES OCUPACIONAIS

Saber quando e como utilizar cada metodologia é essencial para identificação e controle dos perigos no ambiente de trabalho

As avaliações ocupacionais, que podem ser qualitativas, semi quantitativas ou quantitativas, proporcionam o conhecimento e a eliminação dos perigos presentes nas jornadas de trabalho. Além de conhecerem profundamente as diferenças entre cada uma delas, o desafio é saber quando e como utilizá-las. Uma tarefa que requer muito estudo, conhecimento técnico e prática profissional. Prevencionistas alertam que a etapa qualitativa deve preceder a quantitativa, visando a adoção de medidas rápidas para corrigir a exposição e a antecipação das medidas de controle.

 

ENTREVISTA    
Engenheiro fala da fiscalização no país

O engenheiro eletricista, especialista em­ Segurança do Trabalho e AFT Rodrigo ­Vieira Vaz traz informações sobre o momento atual de implementação e regulação das NRs recentemente atualizadas, como as de nº 1, 5, 7, 9 e 17. Ele fala sobre como funciona a fiscalização, o andamento de revisão da NR 10 e projetos que estão sob sua coordenação como o que foca no setor elétrico e de telecomunicações no Estado de São Paulo.

 

ARTIGOS
Prensas adequadas
Ajuste dos equipamentos garante proteção e atende normas vigentes.

Gerindo mudanças
Transformações em processos de trabalho exigem planejamento e envolvimento.

Cuidados na entrada
Trabalhos em silos e fossas deve ser precedido de uma série de medidas.

Ações de valor
Importância do pedagogo na cultura de segurança.